Update privacy choices
Finanças

Caixa e Banco do Brasil vão cuidar do refinanciamento de dívidas, afirma Ciro Gomes

Yahoo Finanças
(Renato S. Cerqueira/Futura Press)

A promessa de Circo Gomes (PDT) de retirar o nome de mais de 12 milhões de brasileiros do cadastro de devedores do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) tem chamado a atenção de muita gente e, aos poucos, o candidato à presidência tem oferecido mais detalhes sobre seu plano.

Nesta segunda-feira, 3, em uma sabatina realizada pelo jornal Folha de São Paulo, ele explicou que o refinanciamento será feito pela Caixa Econômica Federal e pelo Banco do Brasil.

Durante a entrevista, o candidato explicou que o programa de refinanciamento, com linhas de 36 meses, com juros próximos a 10%. Em funcionaria em conjunto com algo semelhante ao “aval solidário”, um programa implantado no Ceará quando Ciro era governador. O programa funciona assim: um grupo de pessoas cinco a dez pessoas que se conhece formaria uma espécie de garantia. Quando uma não pagar, a outra cobra.

O candidato acredita que conseguirá descontos maiores do que os oferecidos nos feirões, que oferecem refinanciamentos de dívidas em valores até 80% menores.

Durante a sabatina, Ciro criticou seus oponentes. “Meus adversários não gostam dessa proposta porque são demofóbicos, têm horror ao povo. Quando houve o Refis e até perdoaram dívida de empresas, dos ricos, eles não reclamaram”, acusou.

Reforma tributária

O candidato também afirmou que pretende realizar uma reforma tributária no país. “Pobres e classe média não vão pagar mais impostos. Por exemplo, só no Brasil e na Estônia, um pequeno país do leste europeu, não se paga imposto sobre dividendos”, declarou.

Reações

Leia também